13.

Daqui: http://www.avclub.com/article/15-things-kurt-vonnegut-said-better-than-anyone-el-1858 .

1. “I urge you to please notice when you are happy, and exclaim or murmur or think at some point, ‘If this isn’t nice, I don’t know what is.'”
1. “Eu peço com urgência para quando você perceber que está feliz, para que você exclame ou murmure ou pense em algum momento: ‘Se isso não é uma coisa bacana, então eu não sei o que é.'”

2. “Peculiar travel suggestions are dancing lessons from God.”
2. “Sugestões peculiares de viagens são como lições de dança de Deus.”

3. “Tiger got to hunt, bird got to fly; Man got to sit and wonder, ‘Why, why, why?’ Tiger got to sleep, bird got to land; Man got to tell himself he understand.”
3. “Tigres têm de caçar, pássaros têm de voar; homens têm de sentar e se perguntar ‘por quê? por quê? por quê?’. Tigres têm de dormir, pássaros têm de pousar; homens tem dizer a si mesmos que entendem das coisas.”

4. “There’s only one rule that I know of, babies—God damn it, you’ve got to be kind.”
4. “Crianças, só existe uma única regra que eu saiba, maldito deus, você tem de ser bondoso.”

5. “She was a fool, and so am I, and so is anyone who thinks he sees what God is doing.”
5. “Ela era uma tola, assim como eu, assim como qualquer um que pensa que sabe o que Deus está fazendo.”

6. “Many people need desperately to receive this message: ‘I feel and think much as you do, care about many of the things you care about, although most people do not care about them. You are not alone.'”
6. “Muitas pessoas precisam desesperadamente receber esta mensagem: ‘Eu sinto e penso o mesmo que você, me importo tanto sobre as coisas quanto você, embora muitas pessoas não se importam. Você não está sozinho.'”

7. “There are plenty of good reasons for fighting, but no good reason ever to hate without reservation, to imagine that God Almighty Himself hates with you, too.”
7. “Há uma imensidão de boas razões para lutar, mas nenhuma boa razão para odiar sem reservas, e nenhuma razão para imaginar que Deus Todo Poderoso estaria do seu lado nesse ódio todo.”
(Este foi o mais sofrido de traduzir, porque, na real, eu entendi errado o original… aí não há tradutor bom que consiga contornar burrice, né? E que Deus Todo Poderoso abençoe os revisores.)

8. “Since Alice had never received any religious instruction, and since she had led a blameless life, she never thought of her awful luck as being anything but accidents in a very busy place. Good for her.”
8. “Como a Alice nunca tinha recebido nenhuma criação religiosa, e como ela tinha tido uma vida sem culpas, ela nunca pensou sobre sua imensa sorte como alguma coisa que não fosse um bilhete premiado, apenas um em um milhão de chances. Bom pra ela.”

9. “That is my principal objection to life, I think: It’s too easy, when alive, to make perfectly horrible mistakes.”
9. “Esta é a minha principal objeção à vida: é tão fácil, enquanto a gente está vivo, cometer erros absolutamente horrendos.”

10. “Literature should not disappear up its own asshole, so to speak.”
10. “A literatura não deveria desaperecer enfiada no próprio cu, assim por dizer.”

11. “All persons, living and dead, are purely coincidental.”
11. “Todas as pessoas, vivas e mortas, são pura coincidência.”

12. “Why don’t you take a flying fuck at a rolling doughnut? Why don’t you take a flying fuck at the mooooooooooooon?”
12. “Por que você não vai tomar no cu no meio de uma rosquinha girando? Por que você não vai tomar no cu no meio de uma viagem à Luuuuuuuuuuuuua?”

14. “I have been a soreheaded occupant of a file drawer labeled ‘science fiction’ ever since, and I would like out, particularly since so many serious critics regularly mistake the drawer for a urinal.”
14. “Há muito tempo tenho sido uma dor de cabeça ao ocupar as prateleiras de ‘ficção científica’, e eu gostaria de sair de lá, particularmente porque muitos críticos sérios confundem regularmente essas prateleiras com um urinol.”

15. “We must be careful about what we pretend to be.”
15. “Precisamos ser cuidadosos com o que gostaríamos de parecer ser.”

*

E eu não esqueci do nº 13 não:
13. “So it goes.”
13. “Coisas da vida.”

 

(Postagem atualizada em 12/02/16 com uma revisão de L.C., a quem agradeço muitíssimo.)

Anúncios

Um comentário sobre “13.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s