Carta a um jovem economista

Meu caro,

Eu estava vendo o Bento Carneiro/Tucano/Vampiro ontem no JG, ele tinha ido ao Rio Grande (o do Sul), e disse mais ou menos o seguinte: “não é inteligente o Brasil importar bens intermediários da China. É preciso ter um pensamento macroeconômico, o estado do Rio Grande [ele não disse o sufixo “do Sul”, puxa-saco dos infernos] é bastante industrializado e também um dos líderes no agronegócio, principalmente de exportação blá blá blá”. Cara, esta frase, aparentemente genérica, revela, no mínimo, uma burrice econômica (no máximo, uma má fé desgraçada): como eu li no Chang, em seu Chutando a escada, uma das estratégias básicas de catching up, de países correndo atrás da Inglaterra que saiu na frente no séc. XVIII, o início da Rev. Industrial, é exatamente tarifar os bens industrializados (“manufaturados”, na época) e deixar baixas as tarifas de matéria-prima importada, ou mesmo, como o Zé Vampir descreveu, “bens intermediários”. O Brasil é um país grande e tem capacidade potencial de produzir praticamente tudo o que precisa para o mercado interno e externo, MAS (sempre existe um “mas”), neste momento, Pindorama ainda não está pronta pra fabricar de tudo e substituir importações. Se os tupiniquins querem ter o melhor que há no mercado, e ao mesmo tempo estimular a indústria nascente, é preciso encontrar um equilíbrio entre importação de produtos de valor e tecnologia agregados com exportações dos mesmo e, principalmente, exportações de coisos de menor valor agregado, além de ir gradual e sempremente (sic) investindo na substituição de importações e produção local. E quem vc acha que, “nunca antes na história desse país”, iniciou esta política no Brasil? E quem está mais bem preparado pra continuar a tocá-la?

Oka., eu não tenho xongas de autoridade pra falar de economia, mas eu tenho um céLebro. E eu o uso de vez em quando.

Abraços,

BC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s